Apontamentos para o quartinho dela

 

Aos poucos, o quarto compõe-se (está mesmo quase, quase, quase – prometo partilhar!), as coisinhas dela já têm espaço próprio e tudo começa a ganhar forma! Optei por cores neutras, apostando no branco e no bege e em alguns pormenores com mais cor. Ainda estou indecisa quanto ao mini berço … vale a pena, não vale? Como foi no vosso caso?

Vi estas opções fofinhas da Tuc Tuc que a-d-o-r-e-i! A marca tem várias coleções disponíveis (podem conhecê-las aqui) e a natural é a minha preferida. É ou não é uma delícia? É uma tentação levar tudo para casa! E é um drama perceber se já temos o suficiente ou não?! Sinceramente, cada coisa que vejo acho que é tudo lindo e que tudo vai fazer falta quando ela nascer! É muito amor!! ahaha 

6 thoughts on “Apontamentos para o quartinho dela

  1. andreia martins says:

    Olá Cátia! A minha pequenina nasce para Maio e tb andei indecisa na questão do berço. Primeiro porque a quero no meu quarto ate aos 6 meses (claro que vou ter vontade de a ter mais tempo mas vou tentar cumprir este timing) e no quarto a cama de grades ja me parece que fica Apertada, depois porque segundo me informei e com as opiniões que troquei is bebés sentem se mais aconchegados no berço e na caminha ficam um pouco mais perdidos! Claro que há sempre os redutores de cama. Ou até mesmo a solução da alcofa dentro da cama. Mas se houver possibilidades para o berço n acha preferivel? É so a minha opinião! Beijinhos e felicidades

  2. Ana Vaz says:

    Eu acho q da imenso jeito, embora seja usado pouco tempo! Ficam melhor no quarto dos pais, mais aconchegados q na cama de grades! Eu tive do meu primeiro filhote e vou ter agora do segundo também 🙂

  3. The Luso Frenchie says:

    Muita coisa fofa, gosto muito destes tons. Quando preparei o primeiro quarto da minha filhota, há 10 anos, escolhi tons pastel, lilas e verde. A Jacadi tinha uma coleção tão linda que não resisti.

    http:/thelusofrenchie.blogspot.pt

  4. Ana says:

    Vale muito a pena! Comprei um de verga com rodas e capota e mandei forrar de branco. Ficou muito simples e bonito. Foi colocado no meu quarto até cerca dos 5/6 meses, enquanto os bebés não ficavam apertados. Já passou pelos meus filhos e sobrinhos e está novo. Felicidades!

  5. Ana Rita Vieira says:

    Quando o Salvador nasceu emprestaram-me um berço desses e sinceramente, ele pouco o usou. Cresceu tão rápido que deixou logo de caber lá. Além de que como o berço era mais alto do que a minha cama, estando deitada, não conseguia ver a carinha dele, por isso esfolei o cotovelo de tanto me ‘empoleirar’ para o espreitar sempre que ele fazia o mínimo ruído. Resumindo: a mim não valeu a pena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.